Alckmin propõe lei anti-masturbação para economizar água

Imagem

Os baixos níveis dos reservatórios do Sistema Cantareira levaram o governador Geraldo Alckmin a propor um projeto de lei no mínimo polêmico, trata-se do projeto de lei apelidado de lei anti-masturbação. O projeto de lei 5600/2014 prevê a instalação de um aparelho que corta a água do chuveiro caso a pessoa que esteja no banho seja adolescente. O aparelho patenteado como NOFIVE, primeiro verifica a idade da pessoa e depois cronometra o tempo de banho de no máximo 10 minutos, após esse tempo a água do chuveiro é cortada.

– Sabemos que nessa idade os adolescentes costumam ficar horas no banho com as suas aspirações mais nobres, com essa medida conseguiremos economizar cerca de 20% de água do reservatório.

O Sistema Cantareira abastece 8,8 milhões de pessoas na Grande São Paulo. O volume de água acumulado dos reservatórios caiu abaixo dos 15%.

Ao ser questionado do por que o governo estadual esperou o reservatório chegar a 20% para tomar uma atitude o governador não quis responder.

Fonte: News Troll

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: