A liberdade e o trapezista

Imagem

Necessidades se medem pelo imperativo da ausência.
Comida, amor, água, admiração, carinho, sexo, sol, respeito, atenção … e, sobretudo, liberdade … o tempo, multiplicador da carência, determina o preço que estamos dispostos a pagar.
O tempo da falta … e o tempo que nos falta, ambos na razão direta do sentido de urgência.
A vida que nos dá é a vida que nos toma. E no duplo sentido de “tomados”, perdemos a liberdade.


A liberdade é um bem curioso (e valioso) que só pode ser subtraido por nós mesmos.
É o medo que nos encarcera, quase sempre mascarado de responsabilidade.
A liberdade, meus caros, tem um preço. O preço da liberdade é a solidão.
Um preço que nos parece muito alto, por um bem que, enfim, sequer sabemos como utilizar.

Mas aí reside a grande falácia. A solidão nos é inerente. E enquanto não a enfrentamos, elaboramos e aceitamos, vivemos em busca de complementos insatisfatórios. Dinheiro, bens, família, amigos, festas, trabalho … coisas que vamos “conquistando” e que, nunca saciados, tememos perder sob pena de ter que encarar a temida solidão.

As vezes, em desespero, decidimos abrir mão de tudo e saltar no espaço para ter a sensação de um segundo de liberdade.
Mas, como um trapezista, quase sempre miramos a barra que nos aguarda do outro lado, onde a liberdade (o salto no espaço) vai nos levar.

Do outro lado, já seguros, saboreamos a memória daquele fortuíto instante em que estivemos livres e nos sentimos vivos novamente. E essa memória nos permite viver mais algum tempo agarrados ao novo trapézio, até que a necessidade de ser livre nos acomete novamente.

Há quem não se satisfaça com esses momentos e passe a vida aprendendo a voar, inspirados pela beleza dos pássaros.
Mas onde termina o vôo dos pássaros ?

Fonte: http://arguta.blogspot.com.br

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: