Arquivo da categoria: Crônica

Sem senso

pc siqueira

Por: Bruno Paiva

Andando na rua, encontro PC Siqueira. Ele me para, me cutuca na barriga e finge que vai embora. Mas percebo que na verdade ele não fingiu, isso só aconteceu porque ele é estrabico. Então, ele olha nos meus olhos e diz:

-Oi, como vai você?

E eu respondo.

-Bem, Felipe Neto, e você?

-Eu também estou bem. – diz PC Siqueira.

Então de repente passa um tornado em um bairro perto dali. PC Siqueira não parece ligar e me diz:

Continuar lendo

Anúncios
Etiquetado ,
%d blogueiros gostam disto: