Arquivo da categoria: revolução

Aos brasileiros que esperam um líder

kiU2t

Nas minhas reflexões introspectivas, entro em questionamentos sobre nossa sociedade que aguarda um líder. OH SIM,um líder, pronto pra bater de frente com o sistema sozinho ou usando a massa que não despertou seu lado de liderança e acaba virando massa de manobra. Porque afinal de contas quem quer arriscar suas vidas, acomodadas, a se levantar contra o opressor? Nas condições que foi educado, conheço poucos e esses despertaram e são lideres e não seguidores. O país espera alguém que se disponibilize a levar um tiro?Alguém que possa falar por milhões de pessoas? Mais elas o seguiram até a hora de sua morte depois elas tornam a adormecer e esperar seja quantos anos for até que alguém use o cérebro e se levante como líder. São tantas as ligações que levam o ser humano no mundo que vivemos a apenas SEGUIR que se torna um condicionamento para se manter como foram doutrinados a ser pela Elite mundial, como gados.

De nada serve entrar numa luta por mudanças se você não despertar o líder dentro de você. Mentes liderantes que trabalham em grupo não seguem ninguém, cada um sabe sua função dentro do circulo coletivo de revolucionários, chega a ser sim individual, mais a união de lideres em prol de um objetivo faz a força. Seguir uma pessoa é obedecer suas regras e isso nos faz continuar sendo escravos, apenas obedecemos e não temos opinião própria, estamos lá aguardando as ordens do corajoso(a) salvador(a). E, quando o líder for morto quem tomará a frente se todos estão seguindo?Se todo grupo fosse formado por lideres, não teríamos que esperar tanto alguém se encher de coragem e ir a luta, com consequência ele atrairá seguidores sim, que se sentem protegidos perto do líder, mais muitas das vezes na historia, depois da morte o povo fica sem direção, foi assim com o seguidores de Martin Luther King e Gandhi.

Esperar um Messias é o mesmo que ficar sentado e esperar ficar rico, esperar o grande amor sem se mexer. É necessário sair da condição de subserviente e passar a se capacitar como líder. É uma destruição que exige aceitação de suas condições pra poder mudar a si mesmo internamente sem as barreiras psicológicas do orgulho, assumir que fomos ensinados a apenas seguir e querer mudar isso agora, é um grande passo para se transformar num líder, a aceitação em primeiro lugar e a auto-análise pra saber por onde caminhar, todos temos um líder dentro de nós, é necessário paciência pra nos auto-capacitarmos. Há líderes que querem seguidores, a líderes que só trabalham com líderes e a líderes solitários que tem uma militância/ativismo individual porque não querem seguir ninguém, é válido, mais tem um tipo líder frustrado, aquele que quer ter poder sobre os outros e ter seguidores.

Como Afro-descendente que sou tenho como inspiração o Partido dos Panteras pretas que atuou de 1966-1982, fundado por Huey Newton e Bobby Seale, foi um grande exemplo de coletivo que não criava gados e sim lideres, cada um fazia sua parte e usava ser potencial pra fortalecer e ajudar os guetos dos Estados Unidos, se houvesse irmãos ou irmãs que sabiam sobre leis isso era passado para a comunidade, se houvesse professores existiam escolas que ensinavam crianças sua história, todos se ajudavam, eles também sentiam a segregação racial daquele tempo.

Aqui no Brasil, há um grande exemplo de militância que é feita de forma individual e observada a anos pelo povo da favela, seu nome é Carlos Eduardo Taddeo ou Eduardo o locutor do inferno como também é conhecido, ex-facção central,do grupo de rap (ritmo e poesia) que inspirou muitos com suas letras, a maioria das composições vindas do Eduardo, que despertou muitos, Eduardo consegue inspirar uma geração que nunca foi induzida a obedecê-lo mais inspirada a se transformarem em líderes e lutarem pela suas quebradas e contra o sistema. Ele também escreveu um livro (A guerra não declarada na visão de um favelado) onde injeta estímulo dentro do favelado a lutar e se organizar.

É necessário o leitor entender que de forma coletiva ou individual somos fortes e capazes de criar mudanças, tudo depende da nossa auto-estima e condição mental, eu escrevo isso de vocês, com crença que você leitor vá se mover porque o mundo necessita de líderes pra mudar o mundo e não de um só lideres frustrados e seu gado carente e dependente. Já imaginou em um país como o Brasil cheio de lideres usando seu potencial seja você advogado, cantor, pintor, escritor, usando isso em condição de liderança pra mudar o seu circulo de vivência? Eu acredito em você, acredite em você.

Autor: Oba Ògún Omowale

Anúncios
Etiquetado , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: