Arquivo da tag: escravos

A carta de Willy Lynch

Imagem

Colaboração: Lul Izzy

QUEM ERA WILLY LYNCH?

Willy Lynch foi um proprietário de escravos no Caribe (Caraíbas) conhecido por manter os seus escravos disciplinados e submissos. Acredita-se que o termo “linchar” (to lynch, lynching: em inglês), se deriva do nome dele. Enquanto que a maioria dos europeus se confrontava com problemas como fugas e revoltas de escravos, Willy Lynch mantinha um controle e ordem absoluta sobre os seus serventes negros.

Esse poder despertou o interesse dos fazendeiros da América do Norte. Em meados de 1712, Willy Lynch faz a longa viagem do Caribe para a América do Norte. Após a sua chegada ao estado da Virgínia, e após constatar os problemas que os seus colegas enfrentavam com os escravos seqüestrados da África, Willy Lynch decide escrever uma carta onde ele revelaria seu segredo para manter os seus escravos na linha.

A CARTA DE WILLY LYNCH

“Verifiquei que entre os escravos existem uma série de diferenças. Eu tiro partido destas diferenças, aumentando-as. Eu uso o medo, a desconfiança e a inveja para mantê-los debaixo do meu controle. Eu vos asseguro que a desconfiança é mais forte que a confiança e a inveja mais forte que a concórdia, respeito ou admiração.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

10 raras fotografias de escravos brasileiros feitas 150 anos atrás

foto-escravos-1

Esta publicação é uma pérola, verdadeira raridade, creio que todos os brasileiros deveriam ter conhecimento disso. Quando estudamos a escravidão no ambiente escolar não estamos habituados a ver imagens reais de escravos do Brasil. A fotografia é um elemento que aproxima o leitor da realidade, e por conta disso, é muito importante estabelecer este tipo de contato na hora de aprender sobre algum tema.

Uma vez que o Imperador Pedro II era um entusiasta da fotografia, o Brasil se tornou um ambiente favorável à prática da fotografia muito cedo. Durante a segunda metade do século XIX diversos fotógrafos, alguns patrocinados pela Coroa, fizeram valiosos registros da realidade vivida no país.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

O dia em que comemoramos a nossa escravidão

Imagem

Hoje, 1º de maio, é comemorado o dia dos trabalhores, milhares de pessoas estão nas ruas comemorando a sua escravidão.

Muito se engana quem acha que a escravidão acabou. A elite mundial percebeu que um escravo dava muito mais prejuízo para eles do que um trabalhor. A libertação dos escravos no mundo todo não foi um ato de humanidade, foi um ato puramente econômico. Os trabalhadores possuem a “livre” escolha e competem entre si em busca de um emprego que lhe garantirão o sustento no final do mês.

E assim,  nasceu a alienação pelo trabalho, as crianças desde bem pequenas são estimuladas a já escolherem uma profissão. Por que, em vez de perguntarmos qual a profissão que elas exercerão, não perguntamos como querem estar no futuro?

As escolas fazem o seu papel de fabricar profissinais tecnocratas, qualificados em seus ofícios, mas com pouco senso crítico, devem ser disciplinados para cumprir horários e tarefas diárias, mas sem capacidade de questionar e sem energia para quererem mudar a sua servidão.


A elite mundial sempre buscou estabilidade social, a idéia do trabalho atual é essa, nos fazem amar aquilo que somos obrigados a fazer. Trabalhamos cerca de 40 anos  em empregos que odiamos, apenas para pagar as contas, prestação do carro, casa, celulares e etc. Complicaram tanto as nossas vidas que somos obrigados a trabalhar para sobreviver, pois muitas coisas só são possíveis com dinheiro, até mesmo as mais essenciais,  portanto, a escravidão moderna está na busca por ter mais e mais dinheiro, enquanto que os verdadeiros livres são os que conseguem viver sem essa neura de ficar rico e adquirir bens.

“Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer… e morrem como se nunca tivessem vivido.
Dalai Lama

Fonte: http://www.corrosivo.com.br/2013/05/01/o-dia-em-que-comemoramos-a-nossa-escravidao/

Recomendamos também:

Etiquetado , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: