Arquivo da tag: Que deselegante

Deselegância resumida em um minuto e um segundo

Muito bom! kkkkkk

Etiquetado ,

A proposta da Monalisa Perroni (GLOBO) para o CARECA DOIDO da MerdTV

Hoje dia 05/07/2012 o nosso companheiro CARECA DOIDO da MERDTV, conhecido por invadir links ao vivo da rede GLOBO, foi julgado no Fórum Criminal de São Paulo, pelo crime de lesão corporal a repórter Monalisa Perroni.

A Monalisa Perroni como proposta de fechamento do processo, pediu ao CARECA DOIDO que parasse de invadir os links da Globo que ela estiver cobrindo.

E quanto ao processo de lesão corporal? Será mesmo que ela estava lesionada?
A proposta dela só comprova a inocência do Careca, o processo foi uma forma de pressioná-lo a parar.

Como ele não tinha muita alternativa, foi obrigado a aceitar a proposta, mas será mesmo que ele deixará de invadir links da Globo? Será que a idéia da MerdTV continuará sendo seguida por outras pessoas? Veremos em breve.

A MERDTV É UMA IDÉIA E IDÉIAS NÃO MORREM!

Etiquetado , , , , , , , , , , ,

Rede Globo utiliza bloqueadores de celulares ilegalmente em estádios

Por que a Folha escondeu?

Você sabia que a Globo usa bloqueadores de celular em estádios para poder transmitir jogos de futebol em alta definição? Chocante, não? É ilegal, óbvio. Com um agravante: esses equipamentos entraram no país de forma clandestina. Contrabando, portanto.

Dois crimes graves, enfim descobertos, graças a uma investigação da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). E que veio a público por conta de uma reportagem do jornal Folha de S.Paulo deste domingo (07).

Seria um grande serviço à sociedade, não fosse por um detalhe intrigante, suspeito e indesculpável: a matéria não cita o nome da Globo em nenhum momento!

Só ficamos sabendo que se trata de “uma grande emissora” que usava os bloqueadores “para ter estabilidade na transmissão” e que “um dispositivo instalado nas câmeras impedia que celulares acessassem a antena da operadora mais próxima, que, assim, ficava a serviço da emissora.”

Mais detalhadamente: “No início de julho, fiscais da agência em São Paulo autuaram uma grande emissora de televisão, no estádio do Pacaembu, pelo uso ilegal de equipamentos que bloqueavam celulares em um raio de até 1,6 km do campo.”

Deve ser algum novo modelo de jornalismo, em que denúncias seríssimas preservam a identidade de sabotadores e contrabandistas. É como noticiar que um ministro foi demitido por desvio de dinheiro, mas, talvez por gentileza, não dar o nome do ladrão.

A Folha não diz na matéria se a omissão é exigência da Anatel, o que também seria injustificável, já que é informação relevante e de interesse público. E sabemos que isso não é caso de segredo de Justiça, já que tudo ocorre na esfera de uma agência reguladora, e não no Judiciário. Ainda.

Por que essa camaradagem inútil, já que, por dedução e eliminação, só podemos chegar à Globo e a seu canal a cabo, a Sportv? É a única “emissora” que tem os famigerados direitos de transmissão. A Band, por sua vez, só usa uma ou duas câmeras exclusivas na beira do campo. Só a Globo transmite.

Fiquei curioso. Como um fato desses não foi amplamente divulgado pela Anatel? Será que a Polícia Federal foi chamada para investigar o evidente contrabando? E a Folha, caramba, por que se meteu literalmente numa roubada dessas de proteger a “emissora”?

Nessa história toda, um fato, para lá de simbólico, chama atenção: bloqueadores de celulares só são autorizados em presídios. Para impedir que bandidos se comuniquem. Irônico, não

Além do Pacaembu, a mesma prática foi detectada nos estádios do Canindé, em São Paulo, Brinco de Ouro da Princesa e Moisés Lucarelli, ambos em Campinas.

De acordo com a reportagem, a multa da Anatel para a emissora ainda não teve valor definido.

Observação  – A publicação ainda alerta que a entrada do bloqueador no país foi feita de maneira clandestina, pois não tinham selo de homologação.

Fonte – R7.com
Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: