Arquivo da tag: reflexão

A liberdade e o trapezista

Imagem

Necessidades se medem pelo imperativo da ausência.
Comida, amor, água, admiração, carinho, sexo, sol, respeito, atenção … e, sobretudo, liberdade … o tempo, multiplicador da carência, determina o preço que estamos dispostos a pagar.
O tempo da falta … e o tempo que nos falta, ambos na razão direta do sentido de urgência.
A vida que nos dá é a vida que nos toma. E no duplo sentido de “tomados”, perdemos a liberdade.

Continuar lendo

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

Um dia de liberdade

Imagem

Apesar de ser revoltado com algumas coisas do dia-a-dia, rs, costumo ser sempre “certinho” e no meu trabalho não é diferente. Já expressei aqui o meu descontentamento com ele algumas vezes, mas ficarei nele até juntar uma grana suficiente para ficar tranquilo por um tempo e ter condições de ou terminar a minha faculdade ou para ser dono do meu próprio negócio.

Continuar lendo

Etiquetado , , , , , , , , , , , ,

Águia e o processo de renovação

Imagem

A águia é a ave que possui a maior longevidade da espécie. Chega a viver cerca de 70 anos. Porém, para chegar a essa idade, aos 40 anos, ela precisa tomar uma séria e difícil decisão. Aos 40 anos, suas unhas estão compridas e flexíveis e já não conseguem mais agarrar as presas, das quais se alimenta.O bico, alongado e pontiagudo, se curva. Apontando contra o peito, estão as asas, envelhecidas e pesadas, em função da grossura das penas, e, voar, aos 40 anos, já é bem difícil! Nessa situação a águia só tem duas alternativas: deixar-se morrer… ou enfrentar um dolorido processo de renovação que irá durar 150 dias. Esse processo consiste em voar para o alto de uma montanha e lá recolher-se, em um ninho que esteja próximo a um paredão.Um lugar de onde, para retornar, ela necessite dar um vôo firme e pleno.Ao encontrar esse lugar, a águia começa a bater o bico contra a parede até conseguir arrancá-lo, enfrentando, corajosamente, a dor que essa atitude acarreta. Espera nascer um novo bico, com o qual irá arrancar as suas velhas unhas.Com as novas unhas ela passa a arrancar as velhas penas. E só após cinco meses, “renascida”, sai para o famoso vôo de renovação, para viver, então, por mais 30 anos.

Continuar lendo

Etiquetado , , ,

O idiota…

idiota_2

Conta-se que numa cidade do interior um grupo de pessoas se divertia com o idiota da aldeia. Um pobre coitado, de pouca inteligência, vivia de pequenos biscates e esmolas. Diariamente eles chamavam o idiota ao bar onde se reuniam e ofereciam a ele a escolha entre duas moedas: uma grande de 400 REIS e outra menor, de 2.000 REIS.

Ele sempre escolhia a maior e menos valiosa, o que era motivo de risos para todos. Certo dia, um dos membros do grupo chamou-o e lhe perguntou se ainda nao havia percebido que a moeda maior valia menos. Eu sei respondeu o tolo assim: Ela vale cinco vezes menos, mas no dia que eu escolher a outra, a brincadeira acaba e nao vou mais ganhar minha moeda.

Continuar lendo

Etiquetado , ,

A mí me gustan

A mí me gustan

Colaboração Tyller Durden.

Etiquetado , ,

Quando o sistema ganha e quando ele perde?

braco-de-ferro

Há algum tempo venho pensando em quais situações as nossas atitudes são favoráveis ao sistema e quais são desfavoráveis. Abaixo fiz uma pequena relação para refletirmos:

Ser conformista

Ser conformista é fazer o jogo do sistema, é jogar a toalha e dizer foda-se.
Para essas pessoas que dizem foda-se eu questiono, de que valeu a pena ter despertado então?
Muitas das mudanças que desejamos infelizmente não vivenciaremos, nisso eu concordo, porém podemos sim plantarmos muitas sementes da revolução para o futuro.

Você se entregará ou morrerá tentando?
Continuar lendo

Etiquetado , , ,

A busca pela coerência

pensador-2

Há muito tempo gostaria de escrever sobre esse assunto tão importante.

Não existe ninguém no mundo que seja 100% coerente com tudo que diz ou pensa.

A coerência é o meio pelo qual seremos mais próximos daquilo que gostaríamos de ser.

A busca pela coerência deve ser constante no nosso dia-a-dia, é uma eterna vigilância dos nossos atos, sem ela nosso discurso será sempre vazio e nunca viveremos aquilo que almejamos.

Mas para sermos coerentes (o máximo possível) é necessário algumas coisas, tais como:

  • autoconhecimento, precisa se conhecer não tem jeito;
  • conhecer muito bem a ideologia que defendemos.

Um exemplo de incoerência é ser contra os políticos corruptos, MAS ao mesmo tempo ser o primeiro a furar fila, comprar carta de motorista, colar nas provas da faculdade ou da escola, ou seja, querer ganhar vantagem em tudo.  Agindo dessa forma qual a moral que você terá para cobrar ética dos políticos?

Quanto mais coerente formos, mais paz de espírito teremos com nós mesmos. E a nossa luta só tem a ganhar com isso.

Por: Kojiro

Etiquetado , , , , , ,

Para reflexão

Para reflexão

Etiquetado , , , , ,
%d blogueiros gostam disto: